Mértola

Mértola, a vila museu que o vai transportar aos tempos antigos…

o último porto do mediterrâneo

“Mértola representava, para muitos navegadores e comerciantes, o final de um percurso marítimo, quantas vezes iniciado em longínquos portos do mediterrâneo Oriental.

A antiga cidade está, ainda hoje, totalmente protegida por um amuralhamento com um perímetro de cerca de 1000 metros, dentro do qual se organiza um denso e emaranhado de ruas e casas.”

Santiago Macias, Campo Arqueológico de Mértola

a história de um lugar

“As condições específicas de ocupação do local, sujeito a sucessivas ocupações e periodicamente atingido por terramotos e cheias fluviais levaram a que tenhamos hoje, e no que se reporta às muralhas, um conjunto de construções que vão desde o início da romanizarão até às derradeiras e importantes remodelações, ocorridas no século XVI.”

Santiago Macias, Campo Arqueológico de Mértola

estrategicamente localizada

“Implantada sobre um imponente esporão rochoso e numa clássica posição inter-fluvial (entre Guadiana e Oeiras), tornou-se célebre entre os geógrafos do período islâmico pela excecionalidade do sítio que ocupava e pela sua importância estratégica.”

Santiago Macias, Campo Arqueológico de Mértola

o que visitar em mértola?

O Museu de Mértola está integrado na zona antiga da vila, dentro das muralhas, sendo vários os núcleos museológicos a visitar. Deixamos aqui as nossas sugestões: